Em Destaque

O Parque Verde da Várzea foi palco da Comemoração do Dia Mundial da Alimentação em Torres Vedras

17 de Out de 2018

As crianças devem aprender a interiorizar bons hábitos alimentares desde os primeiros anos de vida, proporcionando os nutrientes necessários e em quantidades adequadas para um correto crescimento e desenvolvimento. Está comprovado cientificamente, que a realização de atividades continuadas com as crianças e suas famílias, melhoram os seus comportamentos e conhecimentos em relação à alimentação adequada, contribuindo para a educação não formal. A alteração dos hábitos alimentares e seus benefícios em saúde, só serão visíveis a longo prazo e se houver um trabalho educativo, continuo e persistente, para a prática regular/diária. As atividades lúdicas/didáticas são pertinentes, pois permitem a aquisição de vários conteúdos pedagógicos: história/cultura (dieta mediterrânica), matemática (quantidades e correspondência de um para um), linguagem oral e escrita (registos gráficos) e gerais (ingredientes, nutrição e saúde).

Sendo para o Município de Torres Vedras uma prioridade,  instruir os alunos do Concelho para escolhas alimentares e estilos de vida saudáveis, realizaram-se ontem no Parque Verde da Várzea várias atividades e ações com o objetivo dos alunos conseguirem, através de várias tarefas, encontrar quatro receitas mediterrânicas para levarem para casa e, posteriormente, auxiliarem os pais na sua confeção.

O primeiro jogo, consistiu em fazer uma sopa ”a fingir”, cujo objetivo foi, que as crianças aprendessem e interiorizassem como se faz uma sopa.

O Jogo seguinte, consistiu em “construir” um 2º prato equilibrado, indo à horta apanhar os legumes, à plantação apanhar os cereais e à quinta, buscar os alimentos necessários, de forma a construir um prato com tudo o que necessitamos (uma fonte alimentar do grupo dos produtos hortícolas, outra do grupo dos cereais, derivados e tubérculos (HC) e outra fonte do grupo da carne, pescado e ovos(proteína)).

Depois de construir o 2º prato, chegou a hora da sobremesa. Os meninos tiveram que ir ao encontro da maçã (aprenderam que apanhar a fruta dá trabalho e que devemos ser cautelosos).

Por último, de forma a não esquecer que a água deve ser a primeira e única opção para bebida diária e de acompanhamento da refeição, as crianças tiveram que adivinhar, através da mímica, que se tratava da água.

Transmitiram-se conteúdos válidos, acreditando que as crianças consigam extrapolar  esses ensinamentos para a escolha de alimentos mais saudáveis para o seu dia a dia.

Foi um dia repleto de alimentos saudáveis!

Nutrir-se corretamente é um hábito que se adquire desde a mais tenra idade.

 

Conversas com Pais_Out18 Mês Alimentação 18_19